Advertisement

Main Ad

Seis livros, três séries e um filme: Primeiro trimestre de 2021

 


Eu não sei vocês, mas eu fiquei levemente assustada ao me dar conta de que já estamos encerrando o terceiro mês de 2021 e que daqui há uma semana é pascoa. O isolamento tem alterado bastante a minha percepção de tempo e me trouxe uma sensação ambígua de estar vivendo muito coisa e ao mesmo tempo achar que não estou vivendo nada. Certo é que a pandemia segue ainda mais intensa nesse período e se tem uma coisa que pode nos desligar um pouco de toda tristeza e ansiedade desse momento é a cultura. Senso assim, resolvi listar os livros, séries e filmes que vi nesse período. Quem sabe você não se sente inspirado com algumas das minhas escolhas? 

Livros

Talvez minha lista de leitura para os primeiros meses do ano estivesse bastante ambiciosa, mas mesmo não cumprindo exatamente o que me propus a ler durante o período fiquei bastante satisfeita com os livros que li até o final de março. Foram seis livros lidos que se inserem basicamente em três gêneros (clássicos, não-ficção, romance). São eles:

  • Evidence of the Affair – Taylor Jenkins Reid
  • Amor em Manhattan - Sarah Morgan
  • Uma viagem pelos países que não existem - Guilherme Canever
  • O Clube P.S. Eu Te amo - Cecelia Ahern
  • Jane Eyre - Charlotte Brontë
  • Agnes Grey - Anne Brontë

Filme


O Segredo: Ouse sonhar

Inspirado na obra de Rhonda Byrne (O Segredo), em O Segredo: ouse sonhar temos Miranda, uma viúva que se esforça para criar três filhos sozinha, e Bray Jonhson – um professor universitário. O caminho dos dois se cruza em um acidente de carro e a partir daí Bray vai se aproximando da família e compartilhando com eles sua filosofia sobre o poder do universo. O filme aborda a lei da atração de maneira leve e nos mostra o impacto dos nossos pensamentos na realidade que vivenciamos.  

Acredito que O Segredo, que está disponível no catálogo da Netflix, é uma boa escolha para nos distrair e nos dar esperanças diante de tempos tão desafiadores quanto o que estamos vivenciando. Recomendo!

Séries



Amigas para sempre

Sinopse: Duas amigas com estruturas de vida muito diferentes compartilham altos e baixos, alegrias e tristezas ao longo de suas existências. A grande amizade que elas cultivam é crucial para encarar uma tragédia com humor, delicadeza e harmonia.

Comecei a assistir em fevereiro, logo após a estreia na Netflix, muito motivada por ser adaptação de um livro que gostei bastante, mas confesso que a série não me cativou e até o momento não consegui terminar.


Lupin

Sinopse: Baseada nos romances policiais de Maurice Leblanc, Lupin acompanha Assane Diop (Omar Sy), um homem que, 25 anos atrás, viu sua vida virar de cabeça para baixo com a morte de seu pai, então acusado injustamente de um crime.

A série francesa, que já teve a continuação confirmada pela Netflix, é super instigante, tem um ritmo bem acelerado e o bônus de nos transportar para Paris. Recomendo!



 Blindspot

Sinopse: A história começa quando Jane Doe, completamente sem memória, é encontrada nua no meio da Times Square, em Nova York, com o corpo coberto de tatuagens recentes. E uma dessas tatuagens é o nome do agente do FBI Kurt Weller. Agora, ele terá que desvendar os mistérios: Quem é esta mulher e o que significam suas tatuagens?

Essa, que já habitava a minha lista há um bom tempo, foi o meu vício do mês de março. A mistura de conspiração, mistérios e investigações de crimes a partir do significado de tatuagens me fisgou. No momento estou na quarta temporada e recomendo bastante.  Blindspot também está disponível na Netflix.


Nos próximos meses espero seguir com o mesmo ritmo de leitura e com certeza assistir a mais filmes. 
Obrigada por estar aqui!





Postar um comentário

0 Comentários