Advertisement

Main Ad

Um caminho para reeducação financeira



Depois de meses sumida decidi começar 2022 colocando em prática uma das minhas metas, que consiste em escrever com mais frequência. Pois bem, aqui estou para falar justamente de metas. Não pretendo me ater a tudo aquilo que gostaria de ter feito ano passado e, que por questões coletivas ou pessoais, não pode ser realizado. 

Fato é que no início deste ano, avaliando as metas passadas e pensando no que gostaria de realizar até dezembro, percebi que a questão da educação financeira foi uma das coisas que mais me trouxe motivação em realizar em 2021 e que isso ainda reverbera nos planos para 2022. 


Eu sempre tive uma relação meio desorganizada com o dinheiro, alternando fases mais controladas com fases de intenso consumismo. Também já tive metas como “lidar melhor com o dinheiro/juntar x reais” diversas vezes nas minhas eternas listas de intenções a cada ano que se iniciava. Mas só em setembro de 2021 que eu realmente comecei a me interessar por aprender sobre dinheiro e finanças pessoais, e isso virou uma chave na minha cabeça. 


O início dessa jornada em busca de uma relação mais saudável com o dinheiro começou de forma bem despretensiosa assistindo a alguns vídeos curtos da Nathalia Arcuri (canal Me Poupe) no Youtube. E foi aí que um universo se abriu para mim. Talvez tenha relação com a forma didática que a Nathália conduz os vídeos ou com o fato de que eu estava realmente comprometida em aprender sobre finanças (ou provavelmente um misto dos dois), mas a questão é que eu fiz uma maratona e já comecei a aplicar algumas dicas e isso tudo resultou no meu primeiro investimento, ainda no ano passado.   

 

Para além de valores investidos, a grande questão é que a minha relação com o dinheiro se tornou muito mais saudável. Atualmente eu penso melhor os meus gastos e minhas finanças já estão bem mais organizadas. E esse movimento que foi iniciado no segundo semestre do ano passado eu quero trazer com ainda mais intensidade para esse ano a partir da criação de um planejamento financeiro pessoal. 


No meu planejamento financeiro quero dar ênfase aos seguintes pontos: 


  • Continuar estudando sobre finanças;

  • Entender os meus gatilhos e para onde o meu dinheiro tem ido;

  • Fazer um raio x das minhas finanças todos os meses

  • Criar metas e estabelecer prioridades financeiras;

  • Finalizar minha reserva de emergência;

  • Usar menos o cartão de crédito;

  • Investir todos os meses em múltiplas metas.


E por aí, como estão as suas finanças? Por aqui, como vocês puderam ver, a minha jornada ainda tá no início. Mas quero compartilhar um pouco mais desse processo por aqui e espero que a minha experiência possa te motivar a se jogar também no caminho da reeducação financeira. 


Obrigada por estar aqui!

Postar um comentário

0 Comentários